sexta-feira, 24 de julho de 2015

Telescópio da Nasa descobre planeta 'primo da Terra


Planeta parecido com a Terra é descoberto; veja comparações7 fotos

1 / 7
23.jul.2015 - Impressão artística mostra a superfície do planeta Kepler 452b. Com um diâmetro 60% maior do que o da Terra, acredita- se que ele também tenha formação rochosa, assim como uma atmosfera espessa e quantidade de água significante, embora sua massa e sua composição ainda não estejam totalmente determinados. Para a Nasa, há indícios de que o planeta tenha condições de habitar vida Danielle Futselaar/SETI Institute
O Telescópio Espacial Kepler, da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), divulgou nesta quinta-feira (23) a existência do primeiro planeta semelhante à Terra na "zona habitável", ou seja, em torno de uma estrela semelhante ao Sol e com possibilidade de abrigar água líquida. O planeta foi chamado de 'uma outra Terra" pela Nasa.
O exoplaneta Kepler-452b tem diâmetro 60% maior do que o da Terra e, por isso, acredita-se que ele também tenha formação rochosa, embora sua massa e sua composição ainda não estejam totalmente determinados. A estrela Kepler-452 tem 6 bilhões de anos, 1,5 bilhão mais velha do que o nosso Sol, e o planeta tem órbita de 385 dias (bem próxima aos nossos 365 dias). O Kepler-452b está localizado a 1.400 anos-luz de distância da Terra, na constelação de Cygnus. 
"Podemos pensar o Kepler-452b como um primo mais velho, maior que a Terra, que fornece uma oportunidade para entender e refletir sobre o ambiente em evolução da Terra", disse Jon Jenkins, diretor do Centro da Nasa na Califórnia.
"Hoje estamos anunciando a descoberta de um exoplaneta que podemos dizer que é um primo muito próximo da Terra. É o mais próximo até agora. É Terra 2.0", disse John Grunsfeld, da Nasa.
Hoje sabemos que a Terra é apenas uma das centenas de bilhões de planetas de nossa galáxia, sendo que já é sabido que existem centenas de bilhões de galáxias no Universo. O recém-descoberto Kepler-452b aumenta o número total de planetas descobertos pelo telescópio Kepler para 1.030.

Vida

Para o diretor da Nasa, há indícios de que o planeta tenha condições de habitar vida. "É inspirador considerar que este planeta gastou 6 bilhões de anos na zona habitável de sua estrela, mais do que a Terra. É uma oportunidade substancial para a vida surgir, devem existir todos os ingredientes e as condições de vida necessárias neste planeta.", disse.
A câmera do Kepler detecta planetas utilizando um sistema de busca por trânsitos, ou seja, o equipamento identifica quando uma estrela distante escurece ao ser obscurecida pela passagem de um planeta.
Quanto menor for o planeta, o brilho da estrela é menos escurecido. Para manter essa precisão, a sonda deve manter um localizador constante e estável.
Lançado em março de 2009, o satélite Kepler é a primeira missão da Nasa realizada com o intuito de detectar planetas do tamanho da Terra orbitando estrelas distantes próximas da zona habitável.
O telescópio, desde então, confirmou mais de mil planetas e mais de 3.000 candidatos a planetas que abrangem uma ampla gama de tamanhos e distâncias orbitais, incluindo aqueles na zona habitável.
Na missão K2, que começou oficialmente em maio de 2014, o telescópio já observou mais de 35 mil estrelas, além de obter dados sobre aglomerados, regiões densas de formação de estrelas, e vários objetos planetários recolhidos dentro do nosso próprio Sistema Solar.

Onde pode existir vida fora da Terra?14 fotos

1 / 14
Marte é o mais investigado na busca por vida fora da Terra. O robô Curiosity, da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), que está no planeta vermelho desde agosto de 2012, já achou vestígios que indicam que pode ter existido vida microbiana no passado. Os cientistas identificaram enxofre, nitrogênio, hidrogênio, oxigênio, fósforo e carbono - alguns dos ingredientes químicos essenciais para a vida - no pó retirado do solo marciano Leia mais Nasa/AP

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Luis Henrique ganha aumento no Bota, e multa passa a ser de R$ 60 milhões

Vínculo do atacante, contudo, continua a ser até maio de 2017. Objetivo da diretoria alvinegra é estender o compromisso quando jovem completar 18 anos


Luis Henrique Botafogo x Sampaio Correa (Foto: Estadão Conteúdo)Luis Henrique comemora um dos gols que marcou em sua estreia nos profissionais (Foto: Estadão Conteúdo)
Titular do ataque alvinegro aos 17 anos, Luis Henrique ganhou aumento no Botafogo e teve o valor de sua multa rescisória também modificado. Quem quiser tirar a promessa da equipe de General Severiano terá de pagar cerca de R$ 60 milhões ao clube carioca. Antes, era de R$ 1 milhão.
- O aumento estava previsto, porque ele era um jogador do time Sub-17 e passou para os profissionais agora. Não falamos em valores, mas foi um aumento considerável (de salário). A multa passou a valer cerca de R$ 60 milhões, mas o vínculo continua o mesmo, até maio de 2017 - disse o presidente Carlos Eduardo Pereira.
Se o Botafogo ampliasse agora o compromisso do jogador, teria de rescindir o contrato atual e fazer um novo, o que o deixaria sem condições de atuar na próxima rodada, sábado, diante do Bahia, em Salvador. Para não perder o atacante, o Alvinegro vai esperar Luis Henrique completar 18 anos (17/03/2016) e oferecer um vínculo mais longo. O clube carioca tem 90% dos direitos econômicos do atleta.
O jovem se destacou na campanha do time Sub-17 na Copa do Brasil da categoria, quando o Botafogo foi vice-campeão e Luis Henrique terminou como artilheiro. Foi puxado por René Simões para a equipe principal e estreou no dia 3 de julho, marcando dois gols e dando uma assistência na goleada por 5 a 0 contra o Sampaio Corrêa, pela Série B.

Luis Henrique assina com novo patrocinador e é desafiado por Giroud

Atacante, de 17 anos, acerta com a Puma e ganha mensagem surpresa do jogador do Arsenal: "Mostre o seu talento". Joia renovou contrato com o Bota nessa semana


Além de acertar um aumento salarial com o Botafogo, Luis Henrique está com um novo patrocinador pessoal. O atacante, de 17 anos, acertou com a fornecedora de materiais esportivos Puma, marca que também produz os uniformes do clube carioca. 

Para dar as boas-vindas ao atacante, o francês Olivier Giroud, do Arsenal, gravou um vídeo para o jogador do Botafogo. Como é uma surpresa, Luis Henrique ainda não assistiu a mensagem. 

- Ouvi dizer que você tem talento, então mostre o seu talento para nós - desafia Giroud.


No início desta semana, Luis Henrique acertou a renovação de contrato com o Botafogo. Segundo o clube, ele teve um aumento “considerável”. A multa rescisória do atacante passou a valer cerca de R$ 60 milhões. 

O vínculo, no entanto, segue até maio de 2017. Como o atacante ainda não completou 18 anos, para aumentar o prazo do contrato, Luis Henrique teria de rescindir e assinar um novo, o que tiraria, momentaneamente, as condições de jogo do atleta. 

O Botafogo possuiu 90% dos direitos econômicos de Luis Henrique. 

Fiorentina confirma a contratação do lateral Gilberto, ex-Botafogo

Jogador está com a seleção sub-22 no Pan e vai render R$ 1,7 milhão ao Glorioso


Gilberto Botafogo (Foto: Igor Rodrigues)Gilberto é o novo reforço da Fiorentina para a temporada europeia (Foto: Igor Rodrigues)
Fiorentina confirmou nesta quarta-feira a contratação do lateral-direito Gilberto, que estava no Botafogo. O negócio já estava definido há alguns dias, depois que o Glorioso aceitou a proposta dos italianos pelo jogador, mas só agora a Viola oficializou o acordo. 
Gilberto vai render R$ 1,7 milhão aos cofres do Botafogo, que tem direito a 50% do valor total do negócio – ao todo, a Fiorentina vai desembolsar 1 milhão de euros (cerca de R$ 3,4 milhões) pelo jogador, e o restante irá para o CFZ.
O lateral, que está com a seleção brasileira sub-22 no Pan Americano de Toronto, tinha contrato com o Botafogo até o fim do ano e podia assinar um pré-contrato com outra equipe desde o dia 1º de julho, saindo sem que o clube recebesse algo. Seu contrato com a Fiorentina será válido por cinco temporadas. 
Os direitos econômicos do Gilberto estão, em tese, comprometidos com credores do Botafogo por conta de um empréstimo de R$ 20 milhões junto à Odebrecht, contraído pelo clube no fim de 2013, na gestão do então presidente Maurício Assumpção. Nesse acordo, o Botafogo deu como garantia parte dos direitos econômicos de 88 jogadores, entre eles o de Gilberto. 
A atual diretoria, no entanto, não reconhece essa dívida, porque julga que o acordo de empréstimo somente seria válido se fosse antes submetido ao Conselho Deliberativo, o que não ocorreu. Por ora, o dinheiro de Gilberto servirá para despesas do clube. 
Em janeiro, Botafogo e MFD - grupo de investimento que detém os direitos de Gilberto - chegaram a falar sobre renovação, mas as conversas não avançaram. Nos últimos meses, mais duas propostas foram feitas. A última foi considerada "ótima" pelo lateral, mas a oferta da Fiorentina falou mais alto. 

Mulher mata bebê com tesoura para o Marido acabar... Veja

Uma auxiliar contábil foi presa, acusada de ter assassinado o filho, recém-nascido, na madrugada desta terça-feira (02), emVitória. Michelle Ribeiro Passos, de 27 anos, confessou ter dado uma tesourada do bebê, logo após o parto. Ela teve alta do hospital nesta quarta e, em seguida, foi presa.
Segundo a polícia, o golpe atingiu em cheio o coração da criança, que morreu na hora. A acusada, que estava grávida de oito meses de seu primeiro filho, alegou que cometeu o crime por medo de perder o marido, que não queria que ela tivesse a criança. 
À princípio, Michelle havia dito que a morte da criança havia sido acidental. Ela disse que o parto aconteceu no banheiro da casa dela, no bairro Itararé, na capital, no momento em que ela estava no vaso sanitário.

Jornal descobre venda ilegal de órgãos no Facebook, com valores de até R$ 75 mil

Jornal descobre venda ilegal de órgãos no Facebook, com valores de até R$ 75 mil
Foto: Divulgação
Uma pesquisa desenvolvida pelo jornal britânico Mirror descobriu a existência de um comércio ilegal de órgãos por meio do Facebook. De acordo com a publicação, "agentes" entram em contato com pessoas que vivem na miséria para convencê-los a vender seus órgãos por valores entre 1,2 mil e 75 mil libras (aproximadamente de R$ 6 mil a R$ 375 mil).

PF identifica um dos autores de ameaças de morte a Joaquim Barbosa

Homem que desejava atentar contra a vida do presidente o STF é um integrante da Comissão de Ética do PT. E agora?


PROCURADO - A PF tenta descobrir a identidade de um tal "Antonio Granado", que incita os militantes a atentar contra a vida do ministro
PROCURADO - A PF tenta descobrir a identidade de um tal "Antonio Granado", que incita os militantes a atentar contra a vida do ministro(Joel Rodrigues/Frame/Estadão Conteúdo/VEJA)
Desde que o julgamento do mensalão foi concluído, em novembro do ano passado, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, tornou-se alvo de uma série de constrangimentos orquestrados por seguidores dos petistas condenados por envolvimento no maior escândalo de corrupção da história. A chamada "militância virtual" do PT, treinada pela falconaria do partido para perseguir e difamar desafetos políticos do petismo na internet, caçou Barbosa de forma implacável. O presidente do Supremo sofreu toda sorte de canalhice virtual e foi até perseguido e hostilizado por patetas fantasiados de revolucionários nas ruas de Brasília. Os ataques anônimos da patrulha virtual petista, porém, não chegavam a preocupar Barbosa até que atingiram um nível inaceitável. Da hostilidade recorrente, o jogo sujo evoluiu para uma onda de atos criminosos, incluindo ameaças de morte e virulentos ataques racistas.
Os mais graves surgiram quando Joaquim Barbosa decretou a prisão dos mensaleiros José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino. Disparadas por perfis apócrifos de simpatizantes petistas, as mensagens foram encaminhadas ao Supremo. Em uma delas, um sujeito que usava a foto de José Dirceu em seu perfil no Facebook escreve que o ministro "morreria de câncer ou com um tiro na cabeça" e que seus algozes seriam "seus senhores do novo engenho, seu capitão do mato". Por fim, chama Joaquim de "traidor" e vocifera: "Tirem as patas dos nossos heróis!". Em uma segunda mensagem, de dezembro de 2013, o recado foi ainda mais ameaçador: "Contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida, porque não se trata de um ser humano, mas de um monstro e de uma aberração moral das mais pavorosas (...). Joaquim Barbosa deve ser morto". Temendo pela integridade do presidente da mais alta corte do país, a direção do STF acionou a Polícia Federal para que apurasse a origem das ameaças. Dividida em dois inquéritos, a averiguação está em curso na polícia, mas os resultados já colhidos pelos investigadores começam a revelar o que parecia evidente.